Pular para o conteúdo principal
x
Oscar 2019: o que faltou esse ano nas categorias principais?

Vencedores do Oscar: novidades da edição 2019

Para muita gente o ano só inicia depois do carnaval. Já para os apaixonados por cinema, a frase muda para “o ano só começa depois do Oscar”. A edição do Oscar 2019 trouxe muitas surpresas nas indicações, e mais ainda na premiação. Fique por dentro do que faltou e de quais foram os vencedores do Oscar 2019, que aconteceu no dia 24 de fevereiro:

 

Onde estão as mulheres?

Não há muito o que debater quando o assunto é o que a Academia preza na hora de fazer suas escolhas. Vale lembrar que, quando falamos em “a Academia”, nos referimos a mais de 8 mil membros de identidade sob sigilo. Em 2012, eles foram parcialmente expostos por uma investigação realizada pelo Los Angeles Times, trazendo a tona o perfil traçado dos integrantes, onde mais de 77% são homens, 94% são brancos e possuem uma idade média de 62 anos.

O Oscar diz que sua missão é prezar pela qualidade artística da produção, e nesta edição as mulheres não apareceram tanto nas categorias principais.

Não houve presença feminina nas categorias de Edição; Trilha Sonora; Direção de Fotografia; Efeitos Visuais e Direção, mesmo com excelentes candidatas no gosto do público. Ainda assim, o número de mulheres indicadas subiu de 56 no ano passado para 63 nesta cerimônia.

Entretanto, na maioria das categorias em que houveram mulheres indicadas, a premiação não era individual, e sim voltada para equipes inteiras de produção e direção.

 

As surpresas do Oscar 2019

Foi possível ver coisas inéditas no Oscar, e as mulheres se destacaram nisso também. Hannah Beachler foi a primeira mulher negra a concorrer a uma estatueta de Design de Produção, por Pantera Negra. E ela já é bem conhecida por trabalhos como o álbum Lemonade de Beyoncé; Moonlight: Sob a Luz do Luar, o melhor filme do Oscar 2017 e Creed: Nascido Para Lutar, filme de 2015.

Também é a primeira vez que uma mulher com descendência indígena foi indicada como melhor atriz, e no caso estamos falando da mexicana Yalitza Aparicio. A indicação veio por sua atuação no filme “Roma”, do premiado diretor Alfonso Cuarón, e quebrou a sequência de 14 anos sem indicações de mulheres latino-americanas na categoria.

O blockbuster Pantera Negra dirigido por Ryan Coogler, diretor e coautor do filme Creed, também foi uma das surpresas dessa edição: foi a primeira vez que um filme de heróis concorreu como melhor filme, um prêmio entregue a toda equipe de produção e direção. Essa indicação tem sua importância multiplicada, uma vez que Pantera Negra traz a identidade da cultura africana onde grande parte dos profissionais envolvidos na produção são negros.

Também foi a primeira vez que Spike Lee foi indicado na categoria de Melhor Diretor. Quase um mito, como era Leonardo DiCaprio até vencer como Melhor Ator em 2017, dessa vez o diretor recebeu 6 indicações por “Infiltrado na Klan”, que também concorreu a Melhor Filme. Ele é o sexto cineasta negro indicado ao Oscar, mas até agora nenhum levou a estatueta para casa.

Outra novidade ficou por conta dos serviços de streaming: a Netflix acumulou 15 indicações com “A Balada de Buster Scruggs” e “Roma”, esse último indicado ao prêmio de Melhor Filme. Além desses títulos, também concorreu com dois curtas: “End Game” e “End of Sentence”.

A Amazon Studios também esteve presente no Oscar 2019 com “Guerra Fria”, filme indicado em 3 categorias. Essas indicações confirmaram a qualidade e o comprometimento das plataformas de streaming com suas grandes produções, mesmo que ainda fiquem de fora de prêmios ditos mais “criteriosos e conceituais”, como o Festival de Cannes.

 

Os premiados

E os ganhadores do Oscar também surpreenderam esse ano. Na lista, apesar dos prêmios já esperados alguns conseguiram levar os espectadores à loucura, como foi no caso de Lady Gaga. Abaixo você confere a lista dos principais vencedores da noite.

Melhor Filme

"Green Book: O guia" - GANHOU

"Bohemian Rhapsody"
"Infiltrado na Klan"
"A favorita"
"Pantera Negra"
"Roma"
"Nasce uma estrela"
"Vice"

 

Ator

Rami Malek ("Bohemian Rhapsody") - GANHOU

Christian Bale ("Vice")
Bradley Cooper ("Nasce Uma Estrela")
Willem Dafoe ("No Portal da Eternidade")
Viggo Mortensen ("Green Book")

 

Atriz

Olivia Colman ("A Favorita") - GANHOU

Lady Gaga ("Nasce Uma Estrela")
Glenn Close ("A Esposa")
Yalitza Aparicio ("Roma")
Melissa McCarthy ("Poderia Me Perdoar?")

 

Diretor

Alfonso Cuarón ("Roma") - GANHOU

Spike Lee ("Infiltrado na Klan")
Yorgos Lanthimos ("A Favorita")
Adam McKay ("Vice")
Pawel Pawlikowski ("Guerra fria")

 

Atriz coadjuvante

Regina King - "Se a rua Beale falasse" - GANHOU

Amy Adams - "Vice"
Emma Stone - "A favorita"
Rachel Weisz - "A favorita"
Marina de Tavira - "Roma"

 

Trilha sonora original

"Pantera Negra" - GANHOU

"Se a rua Beale falasse"
"O retorno de Mary Poppins"
"Infiltrado na Klan"
"Ilha dos cachorros"

 

Ator coadjuvante

Mahershala Ali – "Green Book - O guia" - GANHOU

Adam Driver - "Infiltrado na Klan"
Richard E. Grant – "Poderia me perdoar?"
Sam Elliott - "Nasce uma estrela"
Sam Rockwell – "Vice"

 

Roteiro adaptado

"Infiltrado na Klan" - GANHOU

"A balada de Buster Scruggs"
"Poderia me perdoar?"
"Se a rua Beale falasse"
"Nasce uma estrela"

 

Roteiro original

"Green Book - O guia" - GANHOU

"A favorita"
"No coração da escuridão"
"Roma"
"Vice"

 

Edição

"Bohemian Rhapsody" - GANHOU

"Infiltrado na Klan"
"A favorita"
"Green Book - o guia"
"Vice"

 

Fotografia

"Roma" - GANHOU

"Guerra fria"
"A favorita"
"Never Look Away"
"Nasce uma estrela"

 

Filme de língua estrangeira

"Roma" - GANHOU

"Cafarnaum"
"Guerra fria"
"Never Look Away"
"Assunto de família"

 

Melhor animação

"Homem-Aranha no Aranhaverso" - GANHOU

"Os Incríveis 2"
"Ilha dos Cachorros"
"Mirai"
"WiFi Ralph - Quebrando a Internet"

 

Canção original

"Shallow", "Nasce uma estrela" - GANHOU

"All The Stars", "Pantera Negra"
"I’ll Fight", "RBG"
"The Place Where Lost Things Go", "O retorno de Mary Poppins"
"When A Cowboy Trades His Spurs for Wings", "A balada de Buster Scruggs"

 

Figurino

"Pantera Negra" - GANHOU

"A balada de Buster Scruggs"
"A favorita"
"O retorno de Mary Poppins"
"Duas rainhas"

 

Curta-metragem

"Skin" - GANHOU

"Detainment"
"Fauve"
"Marguerite"
"Mother"

 

Edição de som

"Bohemian Rhapsody" - GANHOU

"Pantera Negra"
"O primeiro homem"
"Um lugar silencioso"
"Roma"

 

Mixagem de som

"Bohemian Rhapsody" - GANHOU

"Pantera Negra"
"O primeiro homem"
"Roma"
"Nasce uma estrela"

 

Curta de animação

"Bao" - GANHOU

"Animal Behavior"
"Late Afternoon"
"One Small Step"
"Weekends"

 

Direção de arte

"Pantera Negra" - GANHOU

"A favorita"
"O primeiro homem"
"O retorno de Mary Poppins"
"Roma"

 

Efeitos visuais

"O primeiro homem" - GANHOU

"Vingadores: Guerra infinita"
"Christopher Robin: Um Reencontro Inesquecível "
"Ready Player One"
"Solo: Uma história Star Wars"

 

Maquiagem e penteado

"Vice" - GANHOU

"Duas rainhas"
"Border"

 

Documentário

"Free Solo" - GANHOU

"Hale County"
"Minding the Gap"
"Of Fathers and Sons"
"RBG"

 

Documentário curta-metragem

"Absorvendo o tabu" - GANHOU

"Black Sheep"
"End Game"
"Lifeboat"
"A Night at the Garden"

 

O resultado da premiação deixou os sentimentos de muita gente alternando entre decepção e felicidade. Por isso, vamos mudar um pouco o foco, mas sem deixar de falar de cinema: conheça 3 histórias de trilhas sonoras com música clássica que foram sucesso de bilheteria. 

 

Música clássica no cinema: 3 histórias de trilhas sonoras sucesso de bilheteria

 

CADASTRO NOVIDADES

Cadastre-se aqui para receber NOTÍCIAS, NOVIDADES e PROMOÇÕES CINEMASHOW em seu email: